quarta-feira, dezembro 05, 2007

Percebemos que o nosso blog é pura perda de tempo inconsequente quando...

...nos deparamos com o empreendedorismo e sentido prático da blogosfera alentejana. De Beja, para ser mais exacto:
«PEDIDO DA ADMINISTRAÇÃO

Meus amigos, o Gayengatesbeja tem agendada desde há algum tempo uma orgia, como devem ter conhecimento. No dia 1 de Dezembro realizámos uma mini-orgia, que por questões de logística, foi muito limitada, só tendo podido participar 6 elementos, mas que correu muito bem, felizmente.
Em relação à grande orgia, em que o número de participantes é muito maior, e que já está em preparação desde Setembro, deparámo-nos com, um problema de última hora. Estava prevista a realização da mesma, num monte alentejano (quinta), nos arredores de Beja. Por questões de força maior, a pessoa que nos cede esse espaço, só o vai poder disponibilizar em Janeiro, o que nós agradecemos imenso. Contúdo, e para dar seguimento às nossas promessas (não somos como o Governo), pedíamos a colaboração de uma alma caridosa, qualquer um de vós que tenha um espaço discreto e que esteja disponível para disponibilizá-lo para organizar-mos a nossa grande orgia, nós agradeceríamos imenso. De preferência no Alentejo, s enão for possível, noutra zona qualquer.
Se houver por aí alguem que tenha uma casa, um espaço qualquer que disponibilize por umas horas, à noite, para a realização da orgia, que entre em contacto connosco para o nosso mail gayengatesbeja@gmail.com
Imediatamente entraremos em contacto.
Muito obrigado a todos!

Gayengatesbeja.... "um por todos, e todos por um!"»
Do Alentejo mas com alcance global, "noutra zona qualquer". E com necessidades globalizadoras, atente-se:
«Onde andam os brasileiros, mulatos e negros???

O Gayengatesbeja, lança mais uma vez o desafio a Brasileiros, Mulatos e Negros!
Face à grande procura por parte dos nossos utilizadores, lançamos o apelo a brasileiros, mulatos ou negros, quer sejam bi, gay ou hetero, para que nos contactem via mail, a fim de bons momentos! Contacto: gayengatesbeja@gmail.com

Esperamos por vocês!»
Sim, "ou hetero", porque isto é um blog inclusivo e acolhedor:
«Gostarias de ter sexo com um homem pela primeira vez, mas tens receio? O Gayengatesbeja pode ajudar-te a resolver o teu problema de forma simples e completamente gratuita.
Temos uma equipa jovem, dinâmica e pronta a ajudar-te!
Nada tens a temer, basta simplesmente quereres descobrir os prazeres da vida!
De forma completamente sigilosa e descontraída, ajudamos-te a passar do sonho, ou do mero desejo oculto à realidade! Para qualquer esclarecimento ou questão contacta-nos através do nosso endereço de correio electrónico:

gayengatesbeja@gmail.com

Temos tudo o que tu procuras! Gayengatesbeja... deixa-te seduzir!»

Mas sem receio de polémicas:
«É curisoso como este blogue veio agitar as águas na cidade de Beja. A região em nada estava habituada a iniciativas pioneiras deste género. Um dos nossos objectivos é tentar criar abertura de mentalidade nas pessoas, em particular dos alentejanos.»
Salva a eventualidade de encontrar um equivalente nortenho, esta é definitivamente a descoberta blogosférica do ano. Um grande bem-hajam para os companheiros de luta alentejanos :)

11 comentários:

Cesare disse...

lol lol lol lol lol

é mesmo muito giro... :D

e vostede ten pensado ir ata beja, entón?

boss disse...

Eu acho que nunca fui a Beja! Uma vergonha, ainda mais depois disto, ir a Beja urge!

Só lamento não ser brasileiro, mulato ou negro, para ajudar a suprir a necessidades locais. Mas posso sempre fingir sotáqui ;)

KTVCI disse...

Desculpem mas não resisto a dar a minha modesta opinião: esta é uma excelente oportunidade para que "uns e outros" que andam por aí mandarem a sua (alegada...) virgindade às urtigas e poderem enfim "desflorar como merecem".
Espero ter boas noticías lá mais para Janeiro...
;oDDDDDDD

Anónimo disse...

Nada como perpetuar os estereótipos de promiscuidade e futilidade... este tipo de coisas deixa-me triste :/

Anónimo disse...

"Temos uma equipa jovem, dinâmica e pronta a ajudar-te!"

É preciso levar em conta que nesses meios pequenos extremamente homofoficos é quase impossível ter outro tipo de sexo. E pelo que sei os alentejanos são muito dados ao homossexualismo só que a maioria não são ou pelo menos não se consideram gays, mas têm prazer com outros homens. Na minha adolescência ia passar férias a casa dos meus avós alentejanos e os rapazes adoravam apalpar o cu uns aos outros. Uma vez um quase delirou só porque me conseguiu tocar com o pénis numa perna (eu tava de calções) e todos os rapazes que viram (uns 10 ou 12) ficaram estéricos e começaram a tentar fazer o mesmo uns aos outros. Inclusive fomos para o campo tomar banho num rio (o Rio Sado) e um pastor entrou na água e queria fazer sexo connosco.

Outra vez á noite passei pela escola primária e o guarda nocturno apalpou-me todo e queria que eu fosse com ele para o sitio onde ele dormia, dentro da escola. Fugi assustado e no caminho encontrei um bêbado, bastante sexy por sinal, que me perguntou: "És paneleiro, não és ?". Respondi-lhe: "Vá para o caralho". Ao que ele me respondeu: "Para o caralho não vou mas se deixares vou-te ao cu". Perguntei-lhe: "Costuma fazer isso com muitos miudos ?". "Sim", respondeu e agarrou-me no braço. Empurrei-o e fugi rua a fora. No dia seguinte no mesmo local, ele estava sentado num muro, e eu pequei num pau e bati-lhe, nisso apareceu o filho dele, agarrou-me e bateu-me. Tropecei dentro de um buraco e rasguei os calções, nisso o pai do miúdo agarrou-me e pôs-se encima de mim e começou a fazer como se estivesse a ir-me ao cu. Com a barulheira várias pessoas apareceram e como eu não conseguia tirar o bêbado de cima de mim foi horrivel porque toda a gente estava a ver e a rir com a situação.

Depois disso não se falava de outra coisa e o babado andava sempre a perseguir-me. Foram umas férias bem estranhas!

Anónimo disse...

ah, só para acrescentar.

Hoje quando penso nisso tenho pena de não ter aproveitado. Já pensei muitas vezes, se eu pudesse recuar no tempo, tinha fodido com todos aqueles homens e rapazes maravilhosos. Na altura não me faltou vontade, faltou-me foi coragem, porque para eles só é "paneleiro" quem leva no cu...

Anónimo disse...

Que história maravilhoa, invejo a tua infância feliz... not

boss disse...

Isto de permitir os comentários anónimos é como abrir uma caixa de Pandora! LOL

Anónimo nº1, ora então as orgias são fúteis porquê?

Sempre houve e sempre haverá, gays ou heteros, quem não gosta, não vai. Reconhecer a sua existência não é perpetuar o que quer que seja... e aliás como se vê pelo GayEngatesBeja até são bastante difíceis de organizar.. é preciso muita diplomacia, muita logística, muito jogo de cintura.. LOL

gay.alentejo disse...

O Alentejo tem muito mais para oferecer que orgias!!!

Descobram os veados mas também as renas!

jok@s


www.gayalentejo.tk

Anónimo disse...

Ou "infância feliz" ou andou a snifar cola... not

Rodolfo a rena disse...

Será que temos de mandar tirar Beja e outras cidades que tais do mapa para que o nosso país continue a ser o víril pais que sempre conhecemos?