sexta-feira, julho 13, 2007

A homofobia é tão gay (3)

Bob Allen é um deputado republicano da Casa dos Representantes da Florida, EUA, e também o mandatário da candidatura presidencial de John McCain naquele estado. Ultra-conservador, sobretudo em "assuntos morais" (tentou endurecer as leis contra o sexo em público), recebe cerca de 92% do apoio financeiro para as suas campanhas da Coligação Cristã da Florida. Profundamente homofóbico (opôs-se a uma lei anti-bullying homofóbico e defende a proibição constitucional do casamento gay) já recebeu o "prémio" Wicked Witch, que a organização Rainbow Democratic Gay & Lesbian atribui ao "pior dos piores" em matéria de políticas LGBT. Foi detido na quarta-feira à porta de um WC público, depois de ter aliciado um polícia à paisana a deixa-lo praticar sexo oral por 20 dólares, o que é crime naquele estado [via]. Declara-se "inocente".

Reportagens vídeo: durante o processo de detenção, aquando da libertação e declaração de inocência.

8 comentários:

Mazinha disse...

definitivamente, o lobby gay controla os wcs ;) mas pera aí: o moço ajoelhava-se e ainda pagava? polícia mal agradecido, é o que é :)

MC disse...

Adoro estas notícias.
Que tal agora apanhar os gémeos num wc polaco?

antonio disse...

ahahahahaha

boss disse...

O relatório da polícia está aqui. Percebe-se que o polícia entrou no joguinho do engate antes do Bob se enterrar, ou seja, oferecer explicitamente dinheiro em troca de sexo, o que é crime nos EUA. Enfim, o tipo de actuação policial que nunca aprovaria, mas para o caso acabou por ser merecida..

Insano disse...

Caso para dizer... upsi...

Aequillibrium disse...

estranhamente não fiquei surpreendido

Heliocoptero disse...

Quando é que os polícias portugueses começam a fazer o mesmo com os muitos homofóbicos militantes do PP?

Nuno disse...

Sai do armário ó Bob e assume-te de uma vez por todas!