terça-feira, julho 10, 2007

Quem quer tramar a Anatomia de Grey?

Sim, sou fã. E apesar de a seguir na RTP, consegui até agora resistir à tentação de a sacar da net. Mas está difícil. A série passava ao domingo à tarde, hora variável, pelo que usava cassetes de 3 horas programadas para começarem a rolar uma hora antes da prevista. Mas depois vieram os domingos sem Grey porque algo superimportante sobrepunha-se, como reuniões de grávidas ou missinhas em Fátima. Às vezes, vindos não se sabe bem de onde, apareciam episódios em dose dupla, quiçá para compensar. E agora acabou-se de vez a Grey ao domingo, passou para as noites da semana. Segunda passaram dois, nos restantes dias planeiam passar só um, horas variáveis, mas na quinta não passa nenhum e na sexta dá-se a feliz ideia de a passarem à 1h entre dois filmes de terror. Suponho que para agradar aos fãs de terror que gostam de fazer um intervalo com novelas de hospitais.

Isto num canal privado é burrice e desrespeito pelo espectador, os accionistas que se queixem. Num canal público é tudo isso, mas também um esbanjar de dinheiros públicos. Séries como esta são caras, e exibidas assim, quando calha, não conseguem manter uma audiência fiel. É dinheiro público atirado ao lixo. E ninguém se responsabiliza.

5 comentários:

veado_ disse...

Não é só com o Anatomia de Grey. Hj é quase impossível seguir uma série na tv tuga. Eles passam a vida a mudar a grelha em função do 'share', taco a taco...

MC disse...

Sim, boss, ou começas a ver isso pela Fox, que é um bocadinho mais segura, ou sacas da net, porque assim podes ter a certeza que não vais lá.
A imprevisibilidade da coisa é desesperante.

Mazinha disse...

ai dá no fim da noite??? hum... já agora, não sabes para onde foi parar o lost? deu uns episódios da 3ª série e depois... ploft!

mas a sic n fica atrás, atirou com o csi las vegas(o único que aprecio mesmo) para depois do hora H,a desoras. Adormeci miseravelmente no sofá :(((

boss disse...

não faço ideia de onde esteja o Lost mazinha.. já fui fã, mas perdi-me de tédio... troquei-o pelo Heroes e recomendo a troca ;)

por muito que tenhamos alergia a dobragens (e eu também tenho), há que reconhecer que o que torna as séries americanas tão pouco nobres em Portugal é não serem dobradas, nem haver essa tradição. Elas são as mais vistas em Espanha, França, Alemanha... e isso só é possível por serem dobradas e haver uma longa tradição de assistir a dobragens. Mas com legendas seriam tão marginais como cá..

Quando vejo dobragens portuguesas tão boas nos desenhos animados (Shrek etc) fico a pensar se não deviam apostar nisso também para as séries... é que ter que levar com novelas em cima de novelas em quase todo o horário nobre é dose! Bem pode-se sempre desligar a TV, que é o que faço (no cable here, mc).

Mazinha disse...

apenas um nome em defesa do lost : Josh Holloway, o Sawyer... just my kind (n que gajos daqueles tenham por hábito cair no meu quintal, mas enfim...)

aqui em casa tb não há cabo (na parvónia onde vivo só há "tvcabo por satélite" - um conceito genial -mas fica mais cara e não há concorrência de outros operadores) logo, tb tenho que me contentar os 4 canais da praxe... daí se explique o pouco que vejo :)

ps - dobragens???? no, no... sempre que vou para Espanha fico doida, não consigo perceber a piada daquilo :(