quarta-feira, fevereiro 27, 2008

O Dia Europeu contra a pena de morte é só a 10 de Outubro

No resto do ano manda a hipocrisia burocrática:
«Seyed Medhi Kazemi, um estudante homossexual iraniano de 19 anos que pediu sem êxito asilo político ao Reino Unido, esperava ontem em Roterdão ser devolvido a Londres depois de ter tentado obter, também em vão, asilo na Holanda. O jovem, cujo o pedido de asilo foi rejeitado por Londres, que pretende deporta-lo para o Irão, teme pela sua vida se regressar ao seu país. O seu namorado desde os 15 anos, com o nome de Parham, foi ali executado em Abril de 2006, acusado de sodomia, e a polícia iraniana tem uma órdem de prisão em seu nome para o levar a julgamento. O problema é que Medhi requereu asilo pelo mesmo motivo a dois países da UE, o que não é permitido pela Convenção de Dublin.»
Nota, o rapaz da foto não é Seyed Medhi Kazemi, mas um dos dois adolescentes enforcados no Irão em 2005, cuja execução ficou conhecida por excepcionalmente ter sido fotografada. No final da notícia linkada é dito que activistas italianos contactaram a UE e o Alto Comissariado das Nações Unidas para os refugiados (se bem se lembram o comissário é António Guterres), coisa que qualquer um de nós pode fazer a título individual, é só clicar nos links.

3 comentários:

JR disse...

espero que a comunidade gay se una em torno desta causa e impeça que Seyed Medhi Kazemi seja deportado para o Irão.

já deviam era estar a correr petições e manifestações de indignação em todo o mundo.

tenho dúvidas que o beato do guterres faça alguma coisa.

Opus Night disse...

Boss,
Comecei há pouco tempo com um blog e por isso não me conhece nem de nome nem de coisa nenhuma. No entanto é capaz de achar alguma graça aos posts "O som é gay?" e "It's hell, I tell you!" que deixei para lá. Convido-o a ir lá ver e se gostar fique mais um pouco.

Opus Night disse...

ah sim, www.acavalonodiabo.blogspot.com