sexta-feira, novembro 10, 2006

Com a benção do Vaticano

4 comentários:

luispedro disse...

Não foi nada disso que aconteceu. A notícia do El Pais é má já por si, mas esta versão está ao nível dum pasquim.

O guardian diz uma coisa completamente diferente, como dizem todas as outras fontes.

Já escrevi sobre isto no meu blogue

boss disse...

«About 30 gay protesters who tried to march illegally through the city were arrested by Israeli police.

The proposed march was cancelled by Israeli police on Thursday after Palestinian threats to attack Israel after the shelling in Gaza in which 18 Palestinian civilians were killed.»


Isto é da BBC. Parece-me irrelevante o que quer que diga no seu blog...

luispedro disse...

Esse artigo da BBC tem como título:

"Jerusalem holds gay pride rally Gay pride rally"

e continua:

"
A controversial gay pride rally has taken place in Jerusalem despite calls from religious leaders to ban it.
"

Só o que nos interessa é que é "relevante" e o resto não interessa? A realidade é mais complicada do que uns slogans de esquerda.

boss disse...

Parece-me algo ridículo ter que explicar a diferença entre "rally" e "march". A marcha esteve marcada durante meses, e foi proibida pouco antes de ainda assim se tentar realizar, tudo isto graças a pressões várias, incluindo do próprio Vaticano.

O que é irrelevante é começar por comentar "Não foi nada disso que aconteceu.", como você fez, insinuando portanto que o post era mentiroso, mas sendo incapaz de apontar uma única mentira. É esse tipo de postura que torna irrelevante o quer que você tenha escrito no seu blog.