segunda-feira, janeiro 08, 2007

Pior que muito mau

A eleição do Pior Português de Sempre promete ser ainda pior que a dos Grandes Portugueses. Neste momento quem lidera a votação da "personalidade que mais contribuiu para a ruína do país" é Mário Soares, que com 30% dos votos fica à frente de Salazar, que tem 25%. Na votação sobre quem "melhor encarna as piores qualidades do povo português" é Fátima Felgueiras quem lidera.

O primeiro resultado é tão abjecto que me escuso a comentar. Mas o segundo é revelador da misoginia que ainda graça no país. Fátima Felgueiras só atingiu a fama que tem por ser mulher, ene autarcas por aí envolvidos em esquemas de corrupção semelhantes, e os únicos que lhe passam a perna no escândalo são aqueles envolvidos em esquemas de muito maior dimensão. A fuga para o Brasil foi só a cereja do bolo que é ver uma mulher a pecar onde só aos homens se deixa.

2 comentários:

valter hugo mãe disse...

ambos os resultados só vêm provar que continuamos a ter um país de gente a brincar. mário soares é um grande humanista. sem dúvida já em tempo de se humildar e deixar-se para sempre de intentos eleitorais (odiei a ideia de se recandidatar e compreendi a derrota). e fátima felgueiras é só uma aprendiz de má gente.
parece-me que existe uma dificuldade em distinguir quem verdadeiramente pode andar a lixar esta coisa. de salazar a soares tem de ir uma diferença considerável, ou então já não percebo nada. e o rei madeirense também me afecta um bom bocado mais do que a senhora que gosta do brasil.

Bruno "BCool" César disse...

Para mim esta votação simboliza o que de pior tem este país. Não podíamos ter uma votação para o melhor, temos que arranjar alguma coisa para nos deitar outra vez abaixo e mostrar como somos tão maus que nem merecemos eleger o melhor de nós. Para mim o pior de Portugal é o programa que lançou este desafio. É o chico-espertismo que, infelizmente, tanto nos caracteriza…