quarta-feira, setembro 06, 2006

Qualquer dia prendem-nos na cave

«Oficina S. José proíbe rapazes de falar com assistentes sociais»

Nota: Parece-me de louvar a cobertura do Jornal de Notícias a todo o caso Gisberta, desde a primeira hora até às suas "ramificações". Sem dúvida o órgão que mais atenção tem prestado ao assunto.

3 comentários:

Eduardo disse...

Convém notar que esses tais "rapazes" não existem realmente, tal como a Gisberta.

L disse...

Já agora eu também não existo, porque não passo de mais outro "Homem de mamas" (expressão adorável, não?).
Mas não vai ser com esse argumento que me vou livrar de pagar impostos...

eduardo disse...

Exacto, não existes. Isso dos impostos é outra conversa: há tanta gente que existe e que não os paga que, naturalmente, a coisa tem de ser compensada pondo algumas pessoas que não existem a pagá-los. Isto é tudo bastante simples, no fundo.