segunda-feira, outubro 02, 2006

Grandes Portugueses: Fernando Pereira (1950-1985)

Provavelmente o nosso único herói e mártir ecologista. Foi morto pelas bombas colocadas pelos serviços secretos franceses no Raibow Warrior, navio da Greenpeace, em Auckland, Nova Zelândia, em 1985. A sua morte vem agora assombrar a campanha para candidata presidencial socialista da homofóbica Ségolène Royal, pelo envolvimento do seu irmão no assassinato.

6 comentários:

Heliocoptero disse...

Apoiadissimo!

Nic disse...

a serio que a Ségolène Royal e' homofobica?
estou mesmo desiludido... tinha uma certa esperanca nela :(

Max Spencer-Dohner disse...

Boss, perdoa-me a publicidade fatela à pobre, mas não resisto a deixar o link sobre esta história, lá no Devaneios:

http://devaneiosdesintericos.blogspot.com/2006/08/partout-o-ncessit-fait-loi.html

boss disse...

Eu é que agradeço Max, mas parece que não funciona este link, tentei achar o caso no arquivo do teu blog mas não vi..

Lamentavelmente é mesmo nic, das poucas pessoas do PSF ferozmente anti-casamento, ora quando até no nosso PS eles lá vão dizendo que são a favor (mesmo não fazendo nada por isso)...

Max Spencer-Dohner disse...

Não funciona? hummm estranho...

e assim já dá?

boss disse...

agora já ;)

pensava que era sobre a homofobia sa Ségolène. O MVA tinha um post sobre isso, mas não o encontro..