quinta-feira, outubro 05, 2006

"A República ainda não chegou a Olivença"

Lia-se numa faixa empunhada por alguns dos poucos assistentes das comemorações oficiais do Dia da Implantação da República. E não parece que tal venha a acontecer tão cedo, ainda há dias a guardia civil invadiu a sede local da Izquierda Unida em Medina Sidonia, e confiscou a bandeira republicana espanhola, tendo devolvido apenas alguns dias depois. Nem tudo está mal para Portugal nas comparações ibéricas. Viva a República!

1 comentário:

Heliocoptero disse...

Acho que a ideia por detrás dessa faixa era mesmo protestar contra o facto de Olivença continuar a fazer parte de Espanha e não contra a monarquia espanhola :p

Mas do outro lado da fronteira, estranhamente, a Guarda Civil não parece ser tão militante quando se trata de bandeiras da Espanha de Franco em plena rua. Tiques franquista ainda muito vigentes no Estado Espanhol.