sexta-feira, outubro 27, 2006

Nicarágua, o paraíso pró-vida na terra

«Depois de semanas de debates, o Congresso da Nicarágua aprovou nesta quinta-feira uma lei que proíbe todo tipo de aborto. Estão incluídos na proibição até os casos em que a gravidez decorre de violência sexual ou em que a vida da mãe corre perigo.

O projeto de lei foi aprovado por 59 votos a favor e nenhum contra. Sete deputados se abstiveram de votar, e outros 29 não compareceram à sessão.»


«Estima-se que anualmente se façam cerca de 32.000 abortos clandestinos na Nicarágua sem quaisquer condições de segurança ou salubridade, enquanto foram levados a cabo somente 24 abortos legalmente autorizados nos últimos três anos, incluindo o de uma menina de 9 anos que tinha sido violada em 2003 mas que, segundo a nova lei, não poderia agora abortar.»
Ah, e não se deixem enganar pelo arco-íris do brasão de armas nicaraguano, a homossexualidade também é ilegal. Das Neves, Teté, Pegado, esperais o quê? Nicarágua já!

PS: Também era giro fazer um badge pró-escolha a partir do brasão nicaraguano, substituindo as inscrições actuais por algo como "Porque não estamos na Nicarágua - Voto Sim". Percebesse eu alguma coisa de photoshops e afins...

PPS: Obrigadíssimo à Shyznogud e ao Jonas, era exactamente isto que queria:


6 comentários:

Max Spencer-Dohner disse...

Oh amigo Boss. A Nicarágua deixará a breve trecho, tudo indica, de estar sozinha como Paraíso pró vida na terra.

Adivinha quem se vai juntar...

Ora lá está: a Polónia!! Deixa-me adivinhar...não te surpreende, pois não? Os Polacos têm actualmente uma legislação muito semelhante à nossa, permitindo a interrupção da gravidez apenas em situações de violação etc etc...

Sucede que a Coligação de Extrema Direita ultra católica que sustenta o Governos dos gémeos pretende ver discutida no Parlamento uma nova proposta que tornará o aborto COMPLETAMENTE impossível. Segundo eles, o "valor vida não é, de todo e em nenhum caso, relatizável".

Max Spencer-Dohner disse...

Ahh...e já agora: a blogger "cãorafeiro" do blog Armadilha para Ursos Conformistas informou-me, ainda, dos esforços do Estado do Dakota do Sul em banir todos os abortos, mesmo em casos de violação ou incesto.

Podes dar uma vista de olhos, Boss:
http://www.opendemocracy.net/democracy-americanpower/dakota_abortion_4035.jsp

João Ferreira Dias disse...

obrigado pela informação, desconhecia o facto. bom fds

Jonas disse...

Não há que agradecer, foi com gosto. Lixado com o patronato mostrou-se uma boa forma de queimar um tempinho.

PS: Creolina é o blog, Jonas.

boss disse...

Já nada me surpreende em relação à Polónia. Má sorte ser assombrada por um fantasma como JP2º.. obrigado pelas dicas Max ;)


Mais uma vez obrigado Jonas, vou já corrigir o link, foi da pressa a confusão..

L disse...

Disse o Max, citando os polacos de extrema-direita:
"'valor vida não é, de todo e em nenhum caso, relatizável'".

É por causa disso que defendem a reintrodução da pena de morte. Provavelmente.