sábado, fevereiro 03, 2007

Pessimismo serenado

O claro, lúcido e sereno João César das Neves, escreveu um livro bem fundamentado e esclarecido, contra o extremismo e a intolerância. Como não podia deixar de ser, no meio de tanta sensibilidade e bom senso, o mesmo será apresentado por Marcelo Rebelo de Sousa. Faz todo o sentido, para o primeiro o aborto é comparável ao homicídio, e para o segundo a despenalização do aborto não devia ter limite de semanas, só não devia ser a mulher a optar e muito menos em estabelecimento legalmente autorizado. Confusos? É suposto estarem, é essa a ideia. E é por estas e por outras que posts como este não me desanimam, pelo contrário, dormirei agora melhor se sonhar com 50,3%.

1 comentário:

Pintelho disse...

50,3% basta...

Eu acho que não vou encomendar livro nenhum.