quinta-feira, junho 28, 2007

Quem me dera viver num bairro só com bloggers homofóbicos

Já repararam que os bloggers homofóbicos vivem sempre em locais onde a homofobia está extinta e ser gay funciona até como chave de acesso a vários privilégios? Que mesmo sendo eles homofóbicos, apenas por resistência e sem nunca efectivamente discriminarem alguém, têm sempre montes de amigos gays? Mais, amigos que a avaliar pelas suas descrições fodem a torto e a direito, pelo que devem ser todos giros e bons de cama? Que na sua rua passam sempre enormes e quase pornográficas paradas gay ao menos uma vez por ano? Que nos seus locais de residência se há algum tipo de discriminação é contra, pasmem-se, os católicos? Que os heteros da zona são sempre discretíssimos pelo que não há o risco de apanhar aqueles casais melga de tão melosos no autocarro ou nos jardins? Que os políticos locais são sempre pró-gay, incapazes de fazer graçolas brejeiras com o assunto ou menoriza-lo com "outras prioridades"? Sabiam? Se não sabiam visitem alguns blogs de direita, perdão, liberais, por essa blogosfera fora, e ficarão a saber. Eu só não sei exactamente onde é que eles vivem. Só sei que é para lá que quero ir morar.

5 comentários:

Fer disse...

Som os mesmos bairros onde as mulheres tenhem privilégios e discriminaçom positiva e ficam fora das listas homens "mais" preparados, os imigrantes abarcam todos os trabalhos, os ziganos levam todas subvençons do concelho....
Em Espanha som os mesmos bloggers que se vam dous dias a Catalunya, Euskal-Herria ou Galiza escrevem um terrível post comentando que ninguem lhes falou em castelám...

João disse...

Por outro lado tinhas que viver ao lado de okupas atulhadas com perigosos extremistas de esquerda, que te tentariam agredir porque como se sabe os hippies das okupas são muito intolerantes e agridem transeuntes.

http://www.oinsurgente.org/2007/04/19/nao-mais-do-que-os-de-extrema-esquerda/#comment-16898

Heliocoptero disse...

ROTFL! Epá, se descobrires onde é que esses blogueres moram, diz-me, por favor! Se for uma cidade universitária nós os dois fundamos a República das Renas, onde haverá festas de pijama e sem ele todas as noites, LOL!

Gente dita liberal que passa o tempo a descrever um Portugal com as caracteristicas que tu indicaste só pode mesmo ser um caso de armário interiorizado.

Eduardo disse...

Grande posta! Só é pena que o liberalismo, nobre tradição do pensamento político ocidental com umas centenas de anos, esteja a ficar conspurcado por aquela cambada de reaccionários. Mas quanto a isso, nada a fazer, pelo menos para já.

portugalgay disse...

Infelizmente não é só nos bloggers de direita... vejam-se os comentários sobre marchas e prindes em
www.portugalgay.pt/sondagens/