sábado, junho 16, 2007

Não vale a pena chamar o santo, pode ser laico sff

3 comentários:

paulo jorge disse...

pois é... nem sabia que o JN estava por lá! um debate pobre sem grande história onde de 'cidade e LGBT', ou cidade queer se quisermos, se falou muito pouco! gostei claro de ouvir a história dos casamentos de Santo António... mas valha-nos o dito santo... o debate, apesar da sua pobreza, foi mais do que isso...

Heliocoptero disse...

É uma proposta muito gira de se fazer quando se tem a segurança de ainda não ser possível realizá-la. A menos, é claro, que o PS esteja a pensar em legalizar os casamentos homossexuais até 2009, coisa que não tem constado a julgar pela não-prioridade do assunto no grupo parlamentar socialista.

Num mundo inteiramente dependente de "ses" também eu faço óptimas propostas, ainda mais se der votos...

Special K disse...

Isto é só conversa para ganhar uns votinhos pois o governo já anuciou que nesta legislatura não vai haver mais "temas fracturantes".
Quanto à iniciativa das mais é mais uma forma de pressão numa altura em que o Vaticano ameaça cortar apoios à A.I. se esta começar a defender o aborto.