quarta-feira, junho 27, 2007

Anulada a lei anti-fumo

A confirmarem-se as mais recentes notícias de que afinal serão os donos dos estabelecimentos a decidirem se se pode fumar ou não, estará confirmada a morte da lei anti-fumo que chegou a ser anunciada. É que os donos dos estabelecimentos já podem decidir se deixam fumar ou não, e o resultado está à vista de todos. Quando é que o fumo acabou nos comboios ou aviões? Quando os fumadores decidiram não fumar de livre e espontânea vontade? Com um apoio popular esmagador a uma lei a sério, semelhante à da Irlanda ou Escócia, só se percebe este recuo pela influência nefasta do poderoso lobby fumador, que só no ano passado matou 12 mil portugueses.

PS: Esta última frase do post está um bocadinho insurgente... é mesmo melhor não ler certos blogs.

3 comentários:

Suinocultor disse...

Vem conhecer "A Wikipédia social e comportamental dos portugueses!!!" No novíssimo blog Porcas hi5

www.porcashi5.blogspot.com

Heliocoptero disse...

A confirmar-se o recuo, será mais um exemplo de brandos costumes. Miséria, miséria...

/me disse...

Para mim, a maior desilusão política em 2007...