sábado, maio 12, 2007

Como se diz "L word" em sérvio?


Cego pelas vistosas drag queens que este ano participam no ESC, só mais tarde dei conta de outros queerismos desta edição. Das aeromoças da BBC, passando pelo hino austríaco de luta contra a Sida até ao glam glam glam rock dos suecos The Ark, a Eurovisão é toda uma parada gay. Mas na semi-final sentiu-se que uma orgia lésbica esteve iminente no palco. Não foi, mas foi quase, e desde 2003 (t.A.T.u.) que não se via nada assim...

PS: Como é óbvio passou à final, pelo que quem ficou fã pode votar mais logo ;)

5 comentários:

Musicologo disse...

A orgia ganhou com a queer ukraina em segundo!! Mas que grande festival!! Isto só prova uma coisa: que mesmo com os pontos "por vizinhança" e os pontos de "amigos" as melhores vencem sempre. Isto porque a Ucrania e a Servia nao ganharam graças aos 12 pontos dos vizinhos, mas sim porque receberam de TODOS. Todos os países, mesmo os mais longinquos lhes davam 3, 4, 5 pontos e isso tudo conta! Se uma canção for mesmo boa e cair no goto, pode até não ganhar 12, 10 ou 8 pontos de ninguém, mas se ganhar 7 pontos de TODOS (7x42=294!), ela vai lá!...

boss disse...

Discordo absolutamente musicólogo, vai ver de onde vêm os 12 pontos, vê as comunidades imigrantes de cada país, dos países vizinhos, elimina esses e tenta imaginar como é que esta chachada sérvia poderia vencer.. ao menos a Ucrânia não se levava a sério. A Eurovisão está em risco iminente de derrocada. Acho isto tudo muito grave e triste.

boss disse...

ainda estou incrédulo.. eu achei piada à performance na semifinal pelo seu lesbian side, mas na final já morria de tédio ao ouvir esta rapariga.. é daquelas canções que à 3ª pode mesmo provocar danos cerebrais, penso eu..

boss disse...

e por isso mesmo não vou arriscar LOL

boss disse...

Faço minhas as palavras de Mark Savage da BBC depois da noite eurovisiva: talvez tenha sido demasiado duro na apreciação da canção. Mea culpa.