domingo, maio 13, 2007

Gostei de ver

1) 20 mil pessoas na rua em Helsínquia para ver o festival. Parecia Hamburgo, e porque não nos mostraram Hamburgo este ano?

2) As bandeiras arco-íris, tanto na final como na semi-final, é bom marcar o território, nem Este nem Oeste, a Eurovisão é gay!

3) Os cartazes a pedirem o regresso da Itália e a perguntarem onde estava Andorra.

4) O palco, fantástico.

5) O Mikko Leppilampi, quase tão giro quanto o seu nome.

6) Os assobios aos votos que se repetem há anos (os 12 do Chipre à Grécia, da Bielo à Rússia, das ERJ às ERJ, and so on...).

7) Os vídeos entre as canções, a Finlândia soube vender-se e fiquei morto por comprar. Página oficial do turismo finlandês (e em português!) aqui.

8 comentários:

Luis Enrique disse...

Não entendí este Festival, para além de que parecía um gay parade, o qual não crítico (tinha Drag queens, fufas e efins). Mas o que eu não entendí foi o porque das votaçoes só para os paises da Europa do Leste, então e o resto? aquilo era só dar votos aos paises vizinhos, fronteirizos, afins políticamente etc. E onde estava Portugal?. Gostei dos Espanhois, só no lugar 20? E as músicas bonitas?

Musicologo disse...

Continuas a cair numa falácia boss ao considerares que os votos dos vizinhos é que deram a vitoria a servia. Esse raciocinio nao pega. Os votos dos vizinho ajudam, mas nao chegam. Alem disso pensa: todos têm vizinhos, se a cançao da servia nao fosse boa, pq iriam os 12 pontos sempre para ela? Porque nao votaram os ERJ todos os 12 pontos no Montenegro, na croacia ou na bosnia e pq na servia? Coincidencia ou complot? Se fosse a do montenegro a ganhar dizias o que estas a dizer agora. quando foi a finlandia a ganhar disseram a mm coisa: que foi a escandinavia toda a votar em peso na finlandia. Se fosse a da croacia, bosnia ou romenia a mesma coisa. A questao é: todos têm vizinhos comuns, por isso, todos eles vao receber dos vizinhos. A questao é: ALEM dos pontos dos vizinhos tens de receber mais. Senao como tinha ganho a finlandia o ano passado? E a grecia ha 2 anos? Senao por essa logica, ganhava SEMPRE o pais com mais vizinhos. Como digo, ganha o pais com a melhor cançao, porque alem de receber os pontos "dos vizinhos" recebe também 3,4,5,6, etc pontos dos outros todos.

Continuo a argumentar: uma cançao que receba 7 pontos de todos ganha o festival. Por isso se Portugal levar uma canção mesmo boa, nao vai receber os 12, 10 pontos dos paises de leste que esses vao para os vizinhos. Mas vai receber os votos dos que votam pela melhor cançao, ou seja, recebe 7, 8 pontos de cada país. E essas migalhas todas juntas farão a diferença no final.

Matematicamente esta mais que provado que este sistema de votaçao é o melhor e o mais justo possivel. Pior, muito pior, seria se cada país so pudesse escolher UM preferido (tipo eleiçao presidencial). Aí como nao havia "migalhas", seria sempre o país com lobby mais poderoso a ganhar, tipo uma russia ou assim.
Agora com este sistema, quer acredites quer nao, as "migalhas" tornam tudo justo, e a prova é que os países continuam a rodar ano após ano e como viste, quando as canções nao prestam os lobbies nao servem para nada: lá se foram os nordicos todos à vida independentemente dos vizinhos. E ainda o ano passado ganharam com este mesmo sistema!...

Portugal foi outro exemplo: a cançao da SAbrina este ano era melhor que os outros anos aos olhos de quem vê de fora e pelos comentarios dos estrangeiros no youtube. E teve muitos pontos, muitas migalhas inesperadas. E são essas que temos de conquistar. Fossem lá uns MariaFolia ou um grupo de Hip Hop tuga acompanhado de guitarras de fado a ver se isto não endireitava...

boss disse...

Luís, Portugal foi eliminado na semi-final.

Musicólogo, é claro que há mais factores do que o "vizinhança", aliás, o "vizinhança" é o que menos pesa, em geral quando há vizinhança há rivalidade. O factor emigração parece-me sim o mais forte. Mas depois o gostar ou não das músicas também conta claro. O problema é que há países que têm quase que obrigatoriamente uma excelente votação, Sérvia, Rússia, Turquia, Bósnia, Grécia e Arménia devem ser os melhores exemplos. Vê as votações anteriores e verás que andam sempre lá. Aliás, as excelentes votações grega e arménia indignam-me muito mais que a vitória sérvia, foram completamente imerecidas.. Quando tens um sistema de votação em que há uma série de votos que estão pré-determinados a coisa está necessariamente viciada (a Alemanha dá sempre os 12 à Turquia, Chipre e Grécia trocam-nos, Andorra dá-os a Portugal, etc).

Quanto ao ano passado, foi um daqueles incidentes que baralha as contas todas. Foi o factor monstros que pesou, e mais nada. A Escandinávia não tem peso nenhum neste momento, tinham quando eram menos de 20 países a concorrer, não agora...

boss disse...

PS: outro factor que conta é a ordem das músicas, 17º é um óptimo lugar, deu a vitória à Sérvia e à Finlândia no ano passado.. mas essa ordem é aleatória, logo justa na medida do possível. Mas note-se que a vitória finlandesa foi muito mais expressiva e abrangente...

boss disse...

PPS: Quanto ao facto da votação ser sempre diferente isso acontece, insisto, porque há outros factores a pesar, nomeadamente o facto dos países participantes mudarem anualmente, uns saem e uns entram.. mas há trocas de votos que nunca mudam.. Vale a pena investigar a wikipedia, que tem páginas para a história de cada país no concurso, atentar bem às participações dos anos mais recentes (em que se consolidou o alargamento a Leste, ainda em curso - vem aí o Cazaquistão!!):

http://en.wikipedia.org/wiki/Greece_in_the_Eurovision_Song_Contest

http://en.wikipedia.org/wiki/Russia_in_the_Eurovision_Song_Contest

http://en.wikipedia.org/wiki/Serbia_and_Montenegro_in_the_Eurovision_Song_Contest

http://en.wikipedia.org/wiki/Turkey_in_the_Eurovision_Song_Contest

Heliocoptero disse...

Estranhamente, o júri neerlandês não se fez ao Mikko, nem lhe pediu o número de telemóvel :p

Heliocoptero disse...

Já agora, de reparar ainda na bofetada de luva branca que foram os 12 pontos da Estónia para a Rússia: pequena "vingança" dos russos estonos por causa da estátua do soldado soviético?

boss disse...

Também reparei na contenção do neerlandês LOL ;)

Não diria bofetada, acho que é sempre assim... é aliás assim com todos os países, votam no país que tem mais residentes no país votador.. Veja-se a votação portuguesa, Ucrânia, Moldávia, Espanha.. só os franceses e ingleses residentes em Portugal parecem pouco fãs da Eurovisão, ou do voto patriótico...